Meu Dogo pode comer frutas?

@cleo.golden

A resposta é sim! Conheça 11 frutas liberadas para introduzir no cardápio do seu pet!

Em geral as rações e alimentos prontos para consumo já contém as proteínas, vitaminas, minerais, gorduras e óleos necessários para manter a saúde dos nossos dogos equilibrada. Porém assim como nós, há a possibilidade deles possuírem deficiências nutricionais como a falta de fibras e antioxidantes que, a longo prazo, podem afetar sua saúde. Assim, as frutas se tornam aliados na substituição de petiscos industrializados, já que podem possuir menos calorias e são muito saudáveis.

Além disso, nos dias de muito calor, oferecer as frutas congeladas ou “sorvete” da fruta congelada com água de coco vai ajudar o seu dogo a se refrescar e manter a hidratação.

Separamos pra você uma lista com 11 frutas liberadas para consumo pet:

Melancia: Uma ótima pedida para os dias quentes, possui bastante água, o que ajuda na hidratação. Além disso, é uma fonte rica de potássio, magnésio e vitaminas A e C.

  •   Ofereça sem a casca e sem as sementes, que podem causar intoxicação.

Morango: É uma fruta que agrada muitos dogos! possui poucas calorias e é rica em vitamina C, vitamina E, betacarotenos e antioxidantes. 

@mundobull

Melão: Outra boa opção para os dias de calor intenso, o melão também é refrescante e ajuda na hidratação.

  •  Ofereça sem a casca e cuidado com o excesso.

Maçã: Uma fruta de fácil acesso, rica em minerais e vitaminas A, B, C e K. Além disso, é de fácil digestão.

  •  Ofereça sem as sementes, que podem causar intoxicação por produzirem cianeto quando mastigadas/ “maceradas”.

Banana: A fruta mais brasileira da nossa listinha, a banana também é de fácil acesso e uma fonte rica de potássio e carboidrato.

  •  Ofereça sem casca durante os treinos ou junto com as refeições.

Mamão: O mamão costuma agradar muito o paladar dos nossos peludos! Além de ter uma textura macia que facilita a mastigação, é rico em fibra e vitaminas A e C.

  •  Ofereça sem a casca e sem as sementes, que podem causar intoxicação.

Pera: A pera é rica em antioxidantes como vitaminas C, E, B1 e B2, além de fibras, potássio e ácido fólico.

  •  Assim como a semente da mação, a da pêra também produz cianeto ao ser mastigada/ “macerada, então lembre-se de retirar todas sementes antes de oferecer pera o seu Dogo.

Laranja: Uma fruta que muitos acreditam que faz mal, mas na verdade não faz! Rica em água, fibras e vitamina C, não há riscos no consumo.

  •  Ofereça sem a casca, sem sementes e cortada em pedaços.

 Kiwi: Outra opção rica em vitamina C para incluir nas variações de cardápio.

  •   Ofereça sempre casca sem casca, como petisco ou recompensa.
@chloenalu

Caju: Rico em ferro e vitamina C, o caju costuma ser bem aceito.

Goiaba: Encontrada facilmente em todo o território nacional, é rica em ferro, vitaminas A, B, C, fósforo e fibras.

  • Ofereça sempre sem casca.  As sementes pequenas não oferecem risco.

Atenção: Nem todas as frutas podem ser oferecidas ao seu Dogo!

Vale lembrar que nem todas as frutas fazem bem para o organismo dos animais de estimação e em excesso podem ocasionar ganho de peso, então antes de introduzir qualquer fruta no cardápio do seu pet, consulte o seu médico veterinário de confiança para que ele te oriente sobre o que oferecer e em quais quantidades.

Para saber mais sobre esse e outros assunto relacionados ao mundo do seu Dogo, fique de olho em nosso blog e siga a Dogopets nas redes sociais.